Seguir por e-mail

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Fim de semestre




Todo fim de semestre parece que é a mesma coisa, pelo menos para nós, professores: trabalho, trabalho, trabalho. Uma aluna minha, que também é professora, estava tão desesperançosa com o fim do semestre que afirmou em uma rede social que achava mais fácil chegar primeiro 23 de dezembro do que 23 de junho, o mais recente feriado. Reconheço que quase cheguei a concordar com ela. Mas o feriado chegou, passou, o semestre ainda não acabou, porém,  e, por isso, e ainda tenho que lidar com as seguintes questões: pilhas de trabalho para corrigir, alunos querendo saber as notas para enfim se verem livres do professor, ou não, naquele semestre (a recíproca também pode ser verdadeira), diários de classe para preencher... Gostaria de conhecer apenas um/a professor/a que sentisse prazer em realizar essa tarefa. Passaria imediatamente os meus para ele/ela. Ah, nossos desejos às vezes são tão prosaicos, não acham? 

Antes que alguém possa pensar que estou usando esse espaço para desabafar, para reclamar ou outros verbos sinônimos, respondo prontamente que não (mesmo que fosse o caso, não haveria problema algum, já que esse é para é para dizer o "der na telha" mesmo, como afirmei no primeiro tópico do blog. Lembram dele?). O que realmente me preocupa é que, devido a tantas tarefas (e eu nem estou elencando as do doutorado...), até as ideias para os posts escassearam. Nunca mais apareceu uma ideota para um conto ou uma crônica... Talvez até tenham aparecido, mas se perderam no meio do caminho. Devem ter encontrado a pedra de Drummond, ou melhor, tropeçado nela.

Todavia, não é isso que me fará desistir deste espaço. Tenho responsabilidades com todos os meus vinte e sete seguidores (escrevo por extenso para o número parecer maior) e quiçá mais uma vintena (essa palavra existe mesmo, viu? Eu chequei: está na língua desde, pelo menos, 1282) de outros leitores.

Assim, continuamos por aqui, ou por aí. E, enquanto não começa mais um semestre, vou tentando postar alguns contos, crônicas, ou seja, umas palavras aí... E que venham as férias!

P.S.: Como foi/está sendo o fim do semestre para vocês? Comentem!

6 comentários:

  1. Muito estranho... rs

    C. Carvalho

    ResponderExcluir
  2. Como sempre (não adianta: nunca muda!), o fim do semestre foi puro stress. É incrível como todos os trabalhos e avaliações são marcadas, magicamente, para o MESMO dia!! Parece até um complô (talvez seja mesmo). E, na posição de aluno, eu cobro: apresse logo a correção de tudo, porque a ânsia dos estudantes é mais importante do que a vida social do professor!!!

    Alexsandro Lino

    ResponderExcluir
  3. Você diz isso enquanto ainda está do lado de lá da sala. Mas espera...

    ResponderExcluir
  4. Concordo com o Alexsandro "Parece até um complô", mas não tenho do que reclamar, foi tudo tranquilo. E não é querendo nos ver livre do professor (algumas vezes), mas livre da disciplina. rsrs Se é que isso ajuda. Té Fessor!

    Angélica Sales

    ResponderExcluir
  5. É engraçado que assim que acaba o semestre sinto-me "culpada" ao fazer coisas corriqueiras(como ver TV, ler um livro só por prazer e não por indicação de um professor pra um posterior trabalho). Fico sentindo algo de vazio como se eu estivesse negligenciando algum trabalho, algum texto pra ler, por um hobby ou outra ocupação qualquer. Será que isso é normal!? rsrsrsrs

    ResponderExcluir